quinta-feira, 28 de abril de 2011

Passei a Páscoa comendo!

Nem só de pão vive o homem, diz a Bíblia. Concordo. Arrogância pouca é bobagem...eu concordar com a Bíblia!

Mas, vamos ao que interessa. Alimentar-se não é só de comida. Percepções são alimento de nível sutil e nos satisfazem mais que a melhor macarronada do mundo.
Passei meus dias de feriado num lugar maravilhoso, cheio de gente interessantíssima, de vários lugares do mundo, sem outro interesse que não fosse compartilhar histórias e experiências evolutivas.

Existem lugares assim? YES!!!

Sem idade, haviam crianças, jovens e velhos. Línguas diversas mas que, mágicamente, eram entendidas pelo coração.
Fiz duas amigas de infância, que nunca tinha visto na vida, na porta do banheiro. É normal isso? Não. É resultado de busca por comida mais farta e variada, mais sofisticação nas necessidades. Eu quero gente fina, elegante e sincera, como diz o Lulu Santos.

Gente disposta a se expôr, conversas que me enlevem o espírito, silêncios compartilhados e também muita risada. Amigos além da emoção, companheiros de busca numa caravana que nos leva para o mais profundo de nós mesmos.



Assim rica eu quero a vida, nada menos que isso.

2 comentários:

Alana de Abreu disse...

Eu também quero todas estas coisas: gente fina, elegante e sincera... e vida rica!

João Castro disse...

Também preciso disso...vida rica, de valores de alma!!
Adorei o post.
Bjos