quarta-feira, 27 de abril de 2011

EPIFANIA

Pode ser que você não conheça o significado desse termo, mas espero que já o tenha vivenciado! 
Segue a definição para os que querem adotar uma linda nova palavra  nos seus vocabulários:


"Epifania é uma súbita sensação de realização ou compreensão da essência ou do afeto de alguém. O termo é usado nos sentidos filosófico e literal para indicar que alguém "encontrou finalmente a última peça do quebra-cabeças e agora consegue ver a imagem completa". O termo é aplicado quando um pensamento inspirado e iluminante acontece, que parece ser divino em natureza. Epifania também possui o significado de manifestação ou aparição divina."
Quero desejar muitas epifanias para os buscadores!  Essa, que para mim, é a sensação mais confortante do mundo, também se traduz como 'injeção de vida'!
Talvez ninguém esteja entendendo nada... é porque estou no meio de um episódio epifânico, compreendendo minha essência e agradecendo o afeto de alguém! 
O olhar do outro dedicado à mim pode guiar meu próprio olhar para o meu interior. Alguém hoje me enxergou, e eu me enxerguei junto. Que epifania!!!

8 comentários:

Mel Savi disse...

Mari, leia "The Dead", do James Joyce. ;)
Beijo!
Mel

Mariana Ostermann disse...

Mel, fiquei curiosa já! Estou
pesquisando! Thanks!

Alana de Abreu disse...

Vou aplicar a lei de atração para as epifanias!!!

Mariana Ostermann disse...

Amei essa palavra!!!

Tania Abreu disse...

Eu já tive algumas epifanias, e também adoro essa palavra e o seu conceito. Uma das que tive foi vendo um quadro do Matisse. Me tremeram as pernas, minha respiração se alterou, foi como se eu estivesse encontrado uma grande paixão. E foi. Amo Matisse e suas cores.
Neste fim-de-semana tive outra, ouvindo meu Mestre falar...a vida poderia terminar alí.

Gottschalk disse...

Epifânico é quando a gente descobre que a Mel Savi e a Mariana Ostermann se conhecem! James Joyce é daqui da República da Irlanda e ´The Dead´ é uma das obras primas do escritor...

Mel Savi disse...

Haha viu que mundo minúsculo, Israel :)

Mariana Ostermann disse...

Viva a internet!!!