segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Vida virtual x a vidinha que eu levo...


A internet é, sem dúvida, uma das mais revolucionadoras invenções da tecnologia moderna. Ela fez com que a informação estivesse à distância de uns poucos cliques. O efeito dela em nossa vida atingiu muito mais áreas do que puderam imaginar: a comunicação foi agilizada, o acesso a informação descomplicado, a aquisição de produtos, programas, músicas e vídeos facilitados, revolucionando assim diversos mercados. Mas uma coisa que ninguém tinha imaginado era o tanto que esta teria influência, também, em nossas relações interpessoais.

Hoje em dia, grande parte das pessoas tem ao menos 2 vidas: uma real e uma virtual. A real é aquela em que se enfrentam problemas, inseguranças, medos e adversidades. A virtual, geralmente, é aquela onde o mundo é perfeito, onde sempre saímos bem na foto, onde viajamos para os mais exóticos continentes, temos a mais perfeita família, sorrimos constantemente e mostramos ao mundo o quanto somos felizes! (Pelo menos até que se desligue o computador...)

São horas e horas gastas na frente da telinha, analisando minusciosamente a intimidade de todas as outras pessoas que tem vidas maravilhosas, e só a sua é assim tão ruim. O fato é que todos pensam o mesmo!

Como pode ser que tudo tenha sido tão facilitado e no entanto as pessoas tenham cada vez menos tempo para as outras? Talvez ele esteja simplesmente sendo gasto com coisas erradas. Ou talvez esteja na hora da gente (eu inclusive) reaprender a conviver com a realidade!

Nélson Rodrigues repetia que se as pessoas soubessem da vida sexual umas das outras, ninguém se olharia na rua. E se soubessemos da vida virtual? 

Um comentário:

Sara disse...

Se a maioria das pessoas usa máscaras sociais na vida "real" porque usá-las na rede seria menos saudável? Afinal de contas, a sociedade baseia-se em nossa capacidade de mentir. Mentir que aceitamos, mentir que gostamos, que isso, que aquilo. Dizer a verdade, hoje em dia, é OUSAR. Te deixa mais real... e mais desagradável... Pois poucas pessoas querer abandonar seus papéis nos contos de fadas.
Os espaços virtuais criados para que voce "construa" sua vida como te apetece sao fantásticos. Ainda mais sabendo que as pessoas vao entrar na tua pagina e vao acreditar que a tua vida de "contos de internet" é real e bem melhor do que a delas. E o pior é que a recíproca é verdadeira...
Engraçado, hoje acordei pensando que tem dias que é melhor nem olhar o facebook kkkkkkkk
PROVIDENCIAL o teu texto!