quinta-feira, 30 de junho de 2011

Amar e servir!

Só assim vale a pena a vida!

Viver para salvar, curar, encontrar o caminho. Não que EU faça isso, a vida faz através de mim. Sou canal, receptáculo de uma onda que conecta cada um com a verdade, inclusive eu mesma. Quando serves à alguém, estás curando a ti mesmo. Não há tempo, só almas que se encontram e compartilham da sua humanidade, seus medos, erros, equívocos. "Hermanos,"ajudando-se, relembrando-se e voltando ao caminho original da verdade e da sinceridade.

Um dia chuvoso, no fim do mundo de uma praiazinha no litoral de Santa Catarina. Aqui se vive. Assim como em São Paulo, Paris, Nova York...

Valeu, amigo! Me chamaste porque estás perdido, mas encontramos juntos o caminho que leva ao Vazio. Pleno de TUDO.

Parece papo de louco, não é? Mas tem que estar no estado para entender. Leia em outro momento, se isso não parecer fazer sentido.

Estamos juntos, amigos! Vivo e venho contar para vocês, feliz por poder compartir uma esperança, um "insight," uma reflexão.



Como disse alguém famoso, que não lembro quem, mas repetia um grande amigo amado: "Viver é amar! O resto é só acumular cansaço."

3 comentários:

Alana de Abreu disse...

Mini-iluminação? huahauha

Anônimo disse...

Iluminação total!!!! Ana.

Virginia Finzetto disse...

"Quando serves à alguém, estás curando a ti mesmo."... que incrível, isso é a compaixão! Obrigada, amiga. beijos