domingo, 12 de dezembro de 2010

Stop thinking


Gostaria muito que o pensamento deixasse de atrapalhar o meu caminho. Quero caminhar cada vez mais baseada no feeling, onde é o coração que sopra as regras e passos a serem dados. O pensamento é limitante, finito, só vai até um ponto. Nossa cabeça fica se quebrando, tentando acompanhar o passo, analisando as formas e estruturas, se perdendo nas interpretações. Enquanto isso, o coração dá risadas, pois já entendeu a piada faz muito tempo. Esvaziar a mente de todo o pensamento é gerar uma conexão direta com Deus. Não é nem um pouco fácil, mas um segundo disso equivale a 10.000 livros...

2 comentários:

Luiz Eduardo disse...

Alana,

parabéns pela iniciativa e conteúdo! Saudades! Beijão, Luiz Ribas

Mariana Ostermann disse...

tuas palavras foram instantaneamentente reconhecidas pelo meu coração e minha caixola. parece q saiu d mim. Já q não dá pra por o cérebro no criado mudo pra dar um relax d pensar.. tem q aprender como fazer né...