domingo, 13 de março de 2011

Medo de ser feliz??

"Nosso medo mais profundo não é o de ser inadequado. Nosso medo mais profundo é o de ser poderoso além da medida. É a nossa luz, não a nossa escuridão, que mais nos assusta. A gente se pergunta - quem sou eu para ser brilhante, lindo, talentoso e fabuloso? Na real... quem é você para NÃO SER? Você é um filho de Deus. Bancar o pequeno não serve ao mundo. Nós nascemos para manifestar a glória de Deus que está dentro de nós. Não está só em alguns de nós; está em todos. E quando deixamos nossa luz brilhar, inconscientemente damos às outras pessoas permissão para fazer o mesmo. Quando nos libertamos do nosso medo, nossa presença automaticamente liberta os outros. "
 - Marianne Williamson

Essa frase está no meu livro e ela sempre me intrigou muito, porque desde pequena, quando pensava nas melhores coisas que pudessem me acontecer, sempre tinha uma reação corporal muito estranha: taquicardia, suor, angústia... todos os sintomas causados pelo medo. Isso me deixava intrigadíssima: quer dizer que eu então tinha MEDO de SER FELIZ?? Não dá pra acreditar, né? Mas isso acontece, sim, com muitos de nós. A gente prefere muitas vezes ficar na merda quentinha, que é uma situação de merda, mas ela é tão confortável (eu estou acostumado a ela, vou sentir frio se sair dali, tá tão quentinho, tão aconchegante!!).
Sair dela demanda muita CORAGEM. Muuuuuiiita CORAGEM!! Porque você será julgado e agarrado por todas aquelas outras pesoas que preferem que você fique ali, para que elas possam se sentir melhor por elas mesmas. Na maioria das vezes, só saimos quando a situação se torna realmente insuportável, do tipo desafiando nossa vida ou algo do gênero. Saimos por puro instinto de sobrevivência, somente! Mas não precisamos chegar até lá...
O medo da felicidade existe quando a gente não se sente MERECEDOR dela. (Assim tão fácil? Sem eu fazer nada para merecê-la? Poderia ser, mas como eu sempre digo, insistimos em tornar-mos complicados). A trilha para atingi-la é dura, pesada, desgastante e cheia de lições difíceis. Mas enquanto você vai passando, o medo vai diminuindo (porque já não há nada que possa ficar pior que isso!) e com o medo diminuindo, você vai superando os obstáculos, e superando os obstáculos, começa a se sentir merecedor. É preciso trilhar o caminho para se sentir merecedor. E para isso... É PRECISO DAR O PRIMEIRO PASSO. E você pode ver... em todas as jornadas dos heróis (em filmes, contos, romances...) existe uma decisão, um caminho dificultoso, várias emboscadas, muito medo, em vários momentos vontade de desistir. Os problemas não param de chegar, e aquela primeira decisão já começa a parecer uma tremenda burrice. 99% das pessoas desistem aí. Mas para aqueles que persistem, rapidamente o caminho começa a se abrir e a tão sonhada meta se torna possível, além de fruto do MERECIMENTO.
Mas pessoas têm muita inveja de quem tem essa coragem! Preferem ficar torcendo para o outro se ferrar também, para que todos fiquem (confortáveis!) na merda quentinha. Enquanto não houver ninguém saindo de lá... eu não preciso me sentir mal comigo mesmo. Mas, gente, precisamos sair todos. Precisamos parar de invejar quem está saindo e botar o pézinho pra fora. Saia você também, desta prisão na qual você mesmo entrou e se trancafiou. Você tem essa chave!

7 comentários:

Vanessa Souza Moraes disse...

Bancar o pequeno não serve ao mundo.

Uau!

Belo escrito!

Beijos, querida!

Alana de Abreu disse...

Hehehe, é isso aí girl! Por essa e por outras é que eu sempre disse pra você: - ARRASE! Fodam-se aqueles que preferem fazê-la sentir-se inapta. Eles estão na merda quentinha... haha Beijos.

Professor Nascimento disse...

Humor apimentado é seu sobre-nome, sempre gostei disso! Tenho a impressão que o (BOM)humor parece ser a melhor forma de se expor/discutir temas polêmicos e chegar à algum consenso.
BJ

Alana de Abreu disse...

Concordo. O humor faz a gente rir de si mesmo. Nada é importante o suficiente para ser levado tão a sério quando o olhar da perspectiva é maior do que o seu próprio umbigo!

Juh disse...

Palavras sábias e de quem sabe exatamente do que está falando! Parabéns pelo Blog e todo o trabalho que tem realizado por aqui!

Silk disse...

Banana, vou aderir e perguntar pra todo mundo: e aí? Ta na merda quentinha???? Vai ser um Xucesso!!!!

Alana de Abreu disse...

Tô longe de ser sábia Juh... eu escrevo aquilo que eu mesma preciso ouvir! hehe